A importância do valuation de uma empresa

Publicado em: 19/07/2018 14:03

A importância do valuation de uma empresa

Passei a maior parte da minha carreira envolvido em determinar qual o valor justo de uma empresa. Comecei trabalhando em consultoria de fusões e aquisições onde tive a oportunidade de liderar equipes que participaram dos processos de privatização da VASP e da Goiasfértil, empresa de fertilizantes que era controlada pelo Governo Federal. A partir de 1992, passei a analisar empresas de capital aberto e valuation era atividade constante no meu dia a dia. Portanto, deixando a modéstia de lado, acho que posso afirmar que conheço bem a atividade de determinar quanto vale um negócio. No caso de empresas de capital aberto, apesar de não descartar de maneira alguma o uso de múltiplos como ferramenta de tomada de decisão de investimento, o fluxo de caixa descontado (FCD) é a melhor maneira de se determinar qual o valor justo de um negócio. Mas e no caso de startups, existe alguma metodologia indicada para determinação do valor do negócio?

Primeiramente me desculpem pelo uso da palavra valuation ao invés de precificação. Mas considero aqui que o conceito perde quando a palavra é traduzida pois estaremos falando aqui de valor e não de preço.

Passei a maior parte da minha carreira envolvido em determinar qual o valor justo de uma empresa.

Comecei trabalhando em consultoria de fusões e aquisições onde tive a oportunidade de liderar equipes que participaram dos processos de privatização da VASP e da Goiasfértil, empresa de fertilizantes que era controlada pelo Governo Federal.

A partir de 1992, passei a analisar empresas de capital aberto e valuation era atividade constante no meu dia a dia.

Portanto, deixando a modéstia de lado, acho que posso afirmar que conheço bem a atividade de determinar quanto vale um negócio.

No caso de empresas de capital aberto, apesar de não descartar de maneira alguma o uso de múltiplos como ferramenta de tomada de decisão de investimento, o fluxo de caixa descontado (FCD) é a melhor maneira de se determinar qual o valor justo de um negócio.

Os céticos vão contra argumentar que na metodologia do FCD, em função da necessidade de se projetar resultados de empresas no longo prazo, a probabilidade de cometermos erros em nossas previsões é elevada.

Para lidar-se com esse desafio, sugiro o uso de cenários.

Concordo que o FCD é uma metodologia de difícil implementação mas ainda assim, melhor que outras, como o uso de múltiplos, que usam o resultado de um ano apenas para se determinar o valor de um negócio que a princípio terá vida útil longa.

Mas e no caso de startups, existe alguma metodologia indicada para determinação do valor do negócio?

Ouso afirmar aqui que o fluxo de caixa descontado (FCD) continua sendo a melhor metodologia de avaliação, também no caso de empresas nascentes.

Analisando as melhores práticas de valuation de startups, noto que a análise tende a se concentrar em aspectos qualitativos tais como proposta única de valor, capacidade do empreendedor, tamanho do mercado a ser atingido, inovação e criatividade, custo de aquisição de clientes, além de outros.

Todos estes fatores, além de outros aqui não mencionados, são tão relevantes que devem ser incorporados a um modelo de FCD para a determinação de valor de um negócio nascente.

Claro que por não termos um histórico de resultados, o risco de erros nas projeções de resultados de startups é mais elevado e para mitigá-los devemos:

a) sermos o mais conservador possível em nossas projeções,

b) trabalharmos com diversos cenários dando aqui maior peso aos cenários mais conservadores e,

c) utilizarmos taxas de desconto para valor presente bem mais elevadas que aquelas utilizadas em negócios mais previsíveis.

Uma vantagem adicional de utilizarmos o método do FCD é que ele permite a empreendedores e investidores terem uma noção clara de quais são os principais drivers de valor do negócio, isto é, quais são os principais fatores que contribuirão para o crescimento do valor do negócio ao longo do tempo.

Aqui temos mais uma similaridade entre teses de investimentos de startups e de empresas mais desenvolvidas: nos dois casos, empreendedores e investidores estão alinhados com o objetivo de maximização do valor do negócio.

Conforme mencionado para empresas desenvolvidas, no caso de startups não se deve negligenciar diferentes métodos de valuation. Entretanto, reafirmo que o FCD é aquele que dará a melhor indicação de qual é o valor justo de um negócio, independentemente de seu estágio de desenvolvimento.

SHARKS INVESTIMENTOS